By

O ceviche, um prato tradicional peruano que está a conquistar o mundo, é incrivelmente simples de preparar. O segredo está na frescura dos ingredientes, essencialmente peixe, e o seu maior desafio é a adição dos temperos.

Tipicamente servido como entrada, o ceviche é uma técnica de preparação de peixe usada para “cozinhar” sem recorrer ao calor. Consiste em marinar o peixe (ou marisco) em sumo, idealmente, de lima mas também pode ser de limão. Existem inúmeras variações da técnica (usadas em toda a América Latina), mas o ceviche clássico é o mais tradicional e mais conhecido, e é este que lhe apresentamos.

Há cinco ingredientes essenciais e obrigatórios na versão clássica deste prato: peixe, lima, batata-doce, cebola roxa e aji limo (pode ser substituído por malagueta ou jindungo, mais fáceis de comprar em Portugal). Como este é um prato que se serve praticamente cru, tudo deve ser extremamente fresco, especialmente o peixe. Depois “basta” escolher a melhor combinação de temperos. A chef do restaurante Qosqo, em Lisboa, mostra, passo a passo, como prepará-lo. Habitualmente, depois de provar, existem duas opções: amor ou ódio à primeira grafada. Qual será o seu caso?

CEVICHE

Vai precisar de

  • peixe;
  • sal;
  • sumo de lima;
  • gengibre;
  • aji limo;
  • milho doce;
  • cebola roxa;
  • alface;
  • batata doce cozida;
  • banana pão frita.

Passo a passo

  1. Arranje o peixe de forma a fazer filetes com cerca de 2 cm. Seguindo as linhas do próprio peixe, corte-o em tiras finas, fazendo os cortes na diagonal;
  2. Prepare um recipiente de vidro ou aço com 2 ou 3 pedras de gelo (retire antes de servir) para colocar o peixe depois de lavado. Comece por salgar o peixe, de seguida adicione o sumo de lima (acabado de espremer) de modo a cobrir todo o peixe, e por fim coloque o gengibre (cerca de meia colher de sopa), e envolva tudo.
  3. Adicione os coentros e o aji limo (ou malagueta), em quantidades dependentes do seu gosto. Recomenda-se precaução na adição do último ingrediente, principalmente se tiver restrições em relação ao picante.
  4. Terminada a preparação do ceviche, chega a hora de o servir. Numa taça ou prato, coloque o milho, o ceviche, seguido da cebola roxa (previamente envolvida no líquido que ficou no recipiente). Enfeite com uma folha de alface, batata-doce cozida e finas fatias de banana-pão frita.

3 regras essenciais

– O ceviche pode ser feito com vários tipos de peixe branco, convém é que seja um peixe magro, como por exemplo: a corvina, o linguado (grande, para conseguir retirar lombinhos com o tamanho necessário), o pampo ou a garoupa – este último é a opção preferencial;

– A adição dos temperos deve ser feito a gosto e com ponderação, como não existe uma quantidade exata este é o passo mais difícil de acertar. Aconselha-se que vá provando à medida que vá temperando;

– Use um recipiente de vidro ou de aço para a preparação (porque, ao contrário do plástico, estes materiais não absorvem o sabor dos alimentos e porque a temperatura é mais baixa, ajudando na sensação de frescura).

Experimente e diga-nos como correu!

 

Leave a Reply